03/06/2020 13h50 - Atualizado em 08/06/2020 18h24

Fapes anuncia nova prorrogação de prazo para prestações de contas

Bolsas, projetos e auxílios terão prazo estendido até 1º de setembro para envio de relatórios, nos casos definidos pela Fapes.

Devido ao agravamento da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) tomou uma série de medidas para não prejudicar os beneficiários, como bolsistas e coordenadores de projetos. Dessa forma, foram prorrogados para 1º de setembro os prazos de prestações de contas com vencimentos previstos para o período entre março e agosto de 2020. Confira se a mudança se aplica ao seu benefício.

De acordo com a nota técnica publicada no site da Fapes, nesta sexta-feira (29), permanecem suspensos os atendimentos presenciais na sede da Fundação, em Vitória. Já as prestações de contas dos projetos podem ser enviadas pelo e-Docs, sem necessidade de comparecer à Fapes. É importante sempre acessar o site da Fundação para acompanhar as definições do órgão.

Prestação de contas

Segundo a determinação, todas as prestações de contas de projetos, auxílios e bolsas com entregas previstas para o período entre 1º de março e 31 de agosto de 2020 estão prorrogadas para até 1º de setembro. As prorrogações serão feitas automaticamente nos processos, não sendo necessário nenhum procedimento por parte dos pesquisadores e bolsistas.

A alteração se aplica para os seguintes casos:

a) Prestação de Contas Técnica e Financeira Parcial e Final de projetos de pesquisa;
b) Prestação de Contas Técnica e Financeira Parcial e Final de auxílios (inclui Taxa de Bancada);
c) Prestação de Contas Técnica e Financeira Parcial e Final de bolsas (exceto de Editais Procap);
d) Prestação de Contas Técnica Final de bolsas de Edital Procap (mestrado e doutorado)

ACESSE A VERSÃO ATUALIZADA DO COMUNICADO DA FAPES


Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação/Fapes
Mike Figueiredo
(27) 3636-1867 / 99309-77100
comunicacao@fapes.es.gov.br 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard