19/12/2017 15h39 - Atualizado em 21/12/2017 10h09

Inscrições abertas para o Programa Nossa Bolsa

O novo edital foi lançado nesta terça-feira, durante a formatura de alunos concluintes deste ano

Estão abertas as inscrições, para diversas bolsas do Programa Nossa Bolsa, desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes).

O lançamento do novo edital, foi anunciado nesta terça (19), durante a formatura de aproximadamente 800 concluintes de cursos em diversas áreas, no Centro de Convenções de Vitória, juntamente com a formatura dos formandos do Programa do ano de 2017.

Na ocasião, a bacharel em direito Thamiris Berlando Juffo, e também participante do programa, realizou um discurso em nome de todos os formandos, e frisou a importância do Nossa Bolsa para a sociedade.

Durante discurso, o vice-governador César Colnago destacou a emoção de ver o sonho de tantos capixabas sendo realizado. “O interessante do Nossa Bolsa é que ele funciona como uma espécie de faculdade estadual sem termos construído um muro sequer, mostrando que essa parceria entre poder público, setor privado e familiares já deu certo. Fechamos o ano cumprindo com todas as nossas obrigações. Temos a expectativa de que 2018 será um ano ainda melhor do que 2017”.  

O Programa de 2018 vai contar com novidades: os alunos poderão concorrer a bolsas de Ensino Superior a Distância, de Iniciação Científica e de Mestrado. “Segundo uma pesquisa da Instituição de Ensino Superior Brasileira (Insper), quem conclui Mestrado no Brasil possui média salarial quatro vezes maior do que quem possui apenas os Ensinos Médio e Superior. O nosso objetivo com o novo programa, é oferecer mais oportunidade de conhecimento para que as pessoas possam evoluir socialmente por meio da educação”, salientou o secretário de Estado da Secti, Vandinho Leite.

Além de ser um dos programas prioritários do Governo do Estado, o diretor-presidente da Fapes, José Antônio Bof Buffon, destacou que o Nossa Bolsa impulsiona a formação de recursos humanos para um segmento prioritário da população. “Esta evolução permite que os alunos passem a ter uma formação integral, unificando ensino, pesquisa e extensão”, acrescentou Buffon.

Inscrições

Para se inscrever basta acessar o portal do Programa (www.nossabolsa.es.gov.br), e preencher os dados solicitados. O prazo vai até o dia 17 de janeiro de 2018, às 18h, conforme destacado no edital, também disponibilizado no site.

O programa

O Nossa Bolsa foi lançado em 2006, inicialmente apenas com bolsas de graduação, instituído pela Lei nº 8.263, e alterado pela Lei nº 8.642. A nova Lei tem o objetivo de ampliar seu alcance e incorporar bolsas de pesquisa e extensão, o que irá transformá-lo em um novo conceito de política pública integrada para o desenvolvimento do Ensino Superior Capixaba.

Até o momento, o programa Nossa Bolsa já formou mais de 6 mil capixabas e, aproximadamente, 3 mil ainda estão cursando a graduação pelo programa. Neste ano, a previsão é de que o Nossa Bolsa forme mais de 800 alunos que irão completar a 9ª turma de alunos de graduação.

O programa tem parceria com 40 instituições de ensino superior e oferece 56 cursos de diferentes áreas: Ciências Biológicas; Ciências da Saúde; Ciências Exatas; Ciências Humanas; Ciências Sociais Aplicadas; Engenharias e Tecnologias. Ao todo, 72 municípios capixabas estão contemplados com o Nossa Bolsa.

Abaixo quadro explicativo sobre os novos pré-requisitos e características do programa:

 

Pré-requisitos - Programa Nossa Bolsa Muito Mais

 

Tipo de bolsa

 

Pré- requisitos

 

Seleção

 

Graduação na modalidade presencial ou de Educação a Distância (EaD).

 

Necessário ter estudado o Ensino Médio em escola pública de Ensino Médio e/ou Técnico, ou em escola privada com bolsa integral.

 

A seleção para graduação continua sendo pela nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

 

 

 

 

 

 

Mestrado

 

 

 

 

 

É preciso que o candidato tenha cursado o ensino superior por meio do programa Nossa Bolsa.

 

 

 

A seleção será feita por meio de edital, e de acordo com as instituições conveniadas que contam com a opção de mestrado Stricto Sensu. O processo será feito pelas instituições.

 

 

Iniciação Científica

 

 

O candidato deve estar cursando graduação pelo programa Nossa Bolsa.

 

 

A seleção será feita por meio de edital.

 

Investimentos

A previsão é de que até o próximo ano sejam investidos R$ 23.484 milhões, para mais de mil bolsas de graduação presencial e a distância com duração de até 5 anos; 100 de iniciação científica, com duração de 12 meses, e 25 bolsas de mestrado, com duração de até 24 meses. No total serão ofertadas 1.474 bolsas de estudos e os números podem aumentar dependendo da demanda.

Assessoria de comunicação da Secti

Samantha Nepomuceno

(27) 3636-1822 / 3636-1819

samantha.goncalves@secti.es.gov.br/ comunicacao@secti.es.gov.br

 

Imprensa Fapes

Palloma Spala/ Fernanda Magalhães

comunicacao@fapes.es.gov.br

(27) 3636-1867

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard